No processo de coaching descobrimos através do auto-conhecimento, que nós mesmos somos os responsáveis pelos resultados da vida que levamos. E se você se olha no espelho e gosta do que vê, mérito seu. Se sua vida profissional lhe possibilita viver com conforto, prazer e autonomia, mérito seu. Se você tem amizades fortes, conexão com a sua família, sente-se querido e admirado por seus colegas de trabalho, mérito seu também. Mas, por outro lado, se você passa maior parte do seu tempo sentindo-se irritado, frustrado, sofrido, etc… Entenda bem, o responsável por sentir-se assim é você também.

Não, não é nem um pouco fácil encararmos ser a causa e não a consequência da vida que levamos. E se existe uma coisa que sabemos em relação a outra pessoa, seja ela quem for ou qualquer lugar do mundo em que ela se encontre, essa pessoa assim como qualquer um de nós deseja ser ardentemente feliz. No entanto, podemos até  julgar (erradamente) o jeito do outro em buscar a sua própria felicidade. Mas, como eu disse no post A mudança de hábito , quando você toma a consciência de que só depende de você, do seu esforço, da sua vontade em mudar tudo aquilo que está sob o seu controle, aí você acorda! E passa de sonhador à realizador.

Acredite! As pessoas mais felizes e realizadas desse mundo são as auto-responsáveis.

↑  Esse é o ponto inicial para uma vida plena e equilibrada. Os demais são:

  1. Planejamento: Planejar é uma tarefa que precisa ser parte da sua rotina. Deixe sempre uma agenda, ou papel e caneta por perto! Você não precisa ter nenhuma mega ferramenta para fazer seus planos, você já possui a ferramenta mais avançada do mundo, seu cérebro! Basta você se organizar para ter uma visão completa de tudo o que precisa ser feito, estabelecer prioridades e um plano de ação.
  2. Capacitação: Estude, leia, converse, informe-se! Tudo o que você sabe te trouxe até aqui. O que você não sabe é o que te levará para o seu próximo nível. Sempre digo que não existem erros e sim resultados, se você estudar vai passar, se você trabalhar vai prosperar, se você treinar, você vai ganhar!
  3. Atitude: Não peça a Deus para guiar seus passos se você não está disposto a mover seus pés. Essa frase significa, que você precisa agir, tomar a responsabilidade pra si, pagar o preço do sucesso. Porque a felicidade exige mais, ela exige que você se torne aquilo que você nasceu pra ser.
  4. Positividade: Um dos maiores aliados de qualquer jornada feliz. A pessoa positiva tem a habilidade de extrair o que há de bom em tudo o que lhe aconteça, mesmo nas situações mais difíceis, quando tudo está dando errado. Isso também pode ser chamado de Fé.
  5. Disciplina: Sacrifícios temporários trazem recompensas permanentes. E não adianta trocar o que você mais quer na sua vida, pelo o que você quer agora!
  6. Gratidão: Agradeça sempre, a gratidão abre portas, libera endorfina nas correntes sanguíneas e isso que te move para focar no que realmente importa. Se você não tem ainda essa conexão com a gratidão, experimente começando pelas coisas mais simples que acontece diariamente na sua vida. Depois me conta, ta?
  7. Resiliência: Não tenha medo de errar. Somente as pessoas que erram são as que estão no caminho. E se você está errando é porque está aprendendo e ainda mais perto de realizar seus sonhos. A excelência vem com a pratica, e essa é a ideia –  repetir, perseverar, caminhar e nunca, em momento algum, desistir!

Bom, tudo está em suas mãos e em suas emoções. Só você pode desistir das coisas que você quer, assim como só você pode decidir seguir em frente.

Mas se precisar de uma acordadinha, tô aqui!rs

Um forte abraço.

Carinhosamente,

Andréa Lucena.